Uma Viagem no Tempo – Parte II

Mas enfim. Acessei um grande portal que conhecia e ao olhar a data estava lá: 15/07/2012.

Minhas mãos estavam tremendo de tal forma que tive que largar o mouse. O suor escorria pelo meu rosto como se tivesse virado um copo d’água em minha cabeça. Meus olhos mal piscavam. Minha barriga se mexia como se eu tivesse acabado de engolir algo vivo. E dentro da minha mente me veio um choque tremendo que se eu estivesse em pé, eu cairia. Ainda poderia ser um truque, eu sei, mas se fosse ele previu cada passo meu. Todos os portais, noticias atualizadas, coisas super sem noção alguma. Respiro. Olho novamente e realmente, tudo parece tão real agora, mas só não consigo aceitar a realidade porque realmente é impossível aceitar. Olha só isso, como posso ter deixado passar 3 anos da minha vida? O que fiz durante eles? O que aconteceu comigo?

Eles notaram minha cara de preocupação e pedi para me levarem à minha família urgente. Ele pegou um carro moderno, bonito. Com aquela confusão toda só faltava o carro ser dele também. Disfarçadamente pego os documentos como se não quisesse nada e lá está o nome do pai dele. Outro choque que me fez perder o ponto da respiração por alguns segundos. Meu Deus, como é possível. O que realmente aconteceu porque não estou entendendo nada. Eu só queria acordar caso for um sonho e se não, dormir pra ver se isso tudo passava. Mas a preocupação me privava de meu sono. A curiosidade corroía meu cansaço e o dia apenas estava começando. 

Ele estava me levando para um lado que jamais imaginaria que meus pais fossem morar. E quando ele parou, a casa era linda. E como morava anteriormente em um apartamento, anteriormente que pra mim era atualmente, me maravilhei com o fato. Fui recebido pelo meu irmão mais novo, com um corte de cabelo muito engraçado por sinal, mas o que me surpreendeu nem foi isso. Logo sai uma garotinha correndo com energia gritando com toda a empolgação do mundo meu apelido de infância. Pera, só quem o conhecia era meus familiares e minha afilhada. Tinha algo muito errado nisso. Deve ser a vizinha, mas mesmo assim, como ela conhece tal apelido?

Minha mãe enfim apareceu, corri e dei-lhe um longo abraço e notei, estava mais cheinha, mas parecia mais feliz. Disse que estava morrendo de saudades e que ela não sumisse de mim. Ela ja respondeu que na verdade eu quem sumiria sou eu quem casaria nos próximos dois meses. Outro choque que me deixou catatônico com meus pensamentos. Chico chamou minha mãe e cochiraram. No início minha mãe soltou uma larga gargalhada e disse que era palhaçada minha, mas depois acho que ela caiu em si quando viu a expressão de preocupação no rosto dele. Ela olhou pra mim com uma expressão preocupada e viu que a seriedade em meu olhar estava um pouco real demais pra ser uma brincadeira, e como ela conhece meus trejeitos de mentir, ela entendeu que era real.

Ela perguntou se eu estava bem e tudo o mais, disse que estava com fome, confuso e que estava meio complicado de entender tudo que estava à minha volta. Então foi nesse momento que ela saiu da sala e foi para o quarto. Voltou com um celular na mão e dizendo: É meu filho, se for pra ter esse choque de realidade, que seja de uma vez então. Temos que voltar no médico pra saber o que aconteceu contigo, mas antes vamos almoçar. Com expressão de dúvida me perguntou se eu sabia quem era a tal garotinha que estava ali, brincando com meu tênis. Eu respondi que não, claro, porque ela não me era nada familiar. Foi aí então que outro choque me veio. Ela disse que era filha de meu irmão do meio. Difícil de acreditar no começo, claro, mas após tudo que aconteceu, restava-me aceitar o fato que meu irmão teve uma filha primeiro que eu, e linda por sinal.

Almoçamos, ligamos para a clínica e minha mãe relatou que eu estava com uma espécie de problema relacionado a um exame que tinha feito há três dias. Nesse intervalo, a campainha tocou. Era uma bela moça, morena, sorriso bonito e cabelos belamente cacheados. Mas o que ela disse me deixou ainda mais confuso com a situação: Abre pra mim amor.

Continua

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s