Feliz Ano Novo

Ano novo.jpg

 

Tem quase três meses completos que 2017 começou e eu ainda nem te desejei um bom ano. Olhando assim parece que estou bem atrasada, mas se a gente brasileiramente considerar que o ano só começa depois do carnaval, ainda estou no prazo.

Ainda dá tempo de dizer que lhe desejo o ano mais lindo da sua vida, porque eu sei o quanto você orou, esperou e desejou ele. Então, para passar por todos esses 365 dias eu te desejo amor. Em todos os lugares, de todas as formas e sabores para que ele transborde e se espalhe por quem estiver à sua volta.

Eu desejo que esse amor te dê coragem e fé pra que, mesmo quando a vida sair da trilha planejada você consiga sorrir. Que ele te dê força pra amar de novo, acreditar de novo, sonhar de novo, confiar de novo, e de novo, e de novo, enquanto houver fôlego em você. Que o amor dentro de você seja sempre maior que toda dor e todo medo que o mundo possa te causar.

Que você tenha várias pessoa para amar, mas que uma em especial você possa chamar de amor, não porque você precise, mas porque é bom ter alguém pra dividir a vida, as aventuras, os planos e confiar. Um amor não desses de filme, mas desses bem comunzinhos que provocam risadas, cócegas, brigas e enchem o coração e a vida de boas histórias. Amor do bom, sabe?! E se você não quiser um desses, ou não encontrá-lo, que você descubra que às vezes a gente chama nossos grandes amores/alma gêmea de amigo, irmão, pai, mãe, tia, primo e de muitos outros jeitos.

Desejo que o amor te incentive a dividir sua estrada com muitas e variadas pessoas. Vão te dizer para andar somente com os que te ajudam na sua caminhada, mas isso é bobeira. Não ande só com os que deixam sua trilha mais leve, ande também com pessoas que permitam que sua existência deixe o caminho delas mais fácil. Dar e receber, é por ai, entendeu?!

Eu desejo que quando a vida parecer difícil demais pra você suportar, o amor seja o primeiro a te encontrar. Que ele te mostre ou te leve a um porto, ou a vários deles, onde você possa ancorar o coração, os medos e a dor. Que no meio das tempestades exista alguém que te conheça bem o suficiente para lembrar o valor dos seus princípios que começam a parecer insignificantes debaixo de tanta chuva. Alguém que com amor segure sua mão e diga de onde você veio e pra onde você queria ir. Agora pode parecer meio avulso, mas tem hora que a gente esquece, porque parece que o mundo esqueceu da gente. Que o amor te salve nesses dias.

Eu desejo que você consiga transformar todo amor que for embora em uma mistura maravilhosa de carinho, respeito e gratidão. E se isso for demais, que você o transforme em preguiça e nada mais que isso. Independente do que você ou eles fizeram antes de irem, perdoe-os e se perdoe.

Não era pra ser um texto tristinho, mas relendo agora parece que ficou, né?! Bom, é porque o resto é fácil, é sorrir, é ter o que quer na hora que se quer, é beijar, é se divertir, é ser feliz, é não sentir vontade de chorar, é não ter hora pra chegar, é ter mil e um lugares para ir. Essa parte eu sei que você vai tirar de letra e nem vai precisar de mim do seu lado. Mas se algo der errado, porque a minha vontade de que dê certo não pode garantir que dará, eu quero que você se lembre de que com amor é possível recomeçar, encontrar significado no caos e até sorrir na tempestade. Então, se em algum momento você precisar de força, esse texto é pra te abraçar.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s